Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

14 das 112 famílias que perderam pessoas nos fogos ainda não pediram indemnizações

rui duarte silva

Ainda não sabem que têm direito ou não querem receber dinheiro pela morte de um ente querido? Faltam seis dias para acabar o prazo

Das 112 vítimas mortais dos incêndios de 17 de junho, em Pedrógão Grande, e de 15 e 16 de outubro, nas regiões centro e norte de Portugal, ainda há familiares relativos a 14 mortes que não apresentaram requerimentos para serem indemnizados. E falta menos de uma semana para o prazo acabar.

Embora o pedido de indemnização seja voluntário, as câmaras municipais das zonas afetadas pelos fogos de 2017 estão a fazer esforços para que ninguém fique sem ser indemnizado por desconhecer que tem direito a este ressarcimento pela perda de um familiar.

Foram apresentados até esta sexta-feira 238 requerimentos referentes a 98 vítimas mortais (pode ser feito mais do que um pedido de indemnização por vítima, consoante o número de familiares diretos).

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)