Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Quem é e que truques usava a jovem burlona que “vendeu” ténis pela net a dezenas de pessoas, do Minho às ilhas

O esquema era simples. No Facebook eram anunciados ténis de marca a preços em conta, que seriam enviados após transferência bancária. Quem arriscou comprar ficou sem o dinheiro e sem os ténis. A autora da burla é uma jovem do Porto que, apesar de só ter 24 anos, já tem 23 páginas de processos e condenações por todo o país, ilhas incluídas

Marta Caires

Jornalista

Ana Filipa tem 24 anos e dezenas de queixas e processos por burla em vários tribunais do país. Já cumpriu quatro meses de prisão, mas, de Braga à Madeira, somam-se participações de pessoas lesadas num esquema de venda de ténis através de páginas do Facebook. As páginas, com nomes como TenisWorld Lowscost ou Monica Mendes Tenis Sttore, anunciavam calçado desportivo de marca a preços baixos. Quem arriscou comprar ficou sem o dinheiro.

O esquema era simples. Os interessados viam fotografias das sapatilhas a 50 ou 60 euros, preços muito abaixo dos praticados nas lojas, e contactavam o responsável pela página. Depois de perguntar se havia o número e a cor, acertavam o método de pagamento. A mercadoria só seria encaminhada por correio se houvesse pré-pagamento por transferência para as duas contas de Ana Filipa, a mulher por trás do negócio. Depois de feito o pagamento... Ana Filipa e a página desapareciam. E encomendas nem vê-las.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)