Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

FMI está otimista até 2020. Depois logo se vê

epa

Novas previsões divulgadas em Davos apontam para dois anos de aceleração do crescimento mundial. Alemanha, EUA, México e Arábia Saudita são as economias que mais 'ganham' na revisão em alta das projeções

As notícias que chegaram esta segunda-feira de Davos, na Suíça, são boas para Portugal. A economia mundial vai crescer mais do que esperava: 3,9% em 2018 e 2019, mais sete décimas do que em 2016 e duas décimas acima da estimativa para 2017. O PIB global parece estar a ganhar velocidade e não se perspetiva o risco de um abrandamento como aconteceu em 2015 e 2016. E o comércio mundial vai crescer a taxas superiores a 4% ao ano.

A boa nova foi comunicada pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) que divulgou hoje à tarde a primeira atualização do ano das suas previsões. E fê-lo, pela primeira vez, em Davos, na abertura do Fórum Económico Mundial, o palco principal atual da defesa da globalização e da quarta revolução tecnológica.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)