Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Vai ser um dia difícil para Merkel

Foto VIRGINIA MAYO/AFP/Getty Images

A etapa final das “negociações exploratórias” para tentar formar a grande coligação que vai governar a Alemanha nos próximos quatro anos ainda tem pontos-chave por resolver. Algures durante o dia/noite desta sexta-feira, Angela Merkel (CDU) e Martin Schulz (SPD) vão chegar a acordo nas áreas financeiras, questões sociais e migrações. Ou não

Cristina Peres

Cristina Peres

Jornalista de Internacional

“Vai ser um dia difícil”, mas “sabemos que precisamos de encontrar soluções”, disse a chanceler esta quinta-feira, citada pelo jornal “Süddeutsche Zeitung”, à chegada à sede dos sociais-democratas em Berlim para a ronda final das chamadas “negociações exploratórias”. Se chegarem a acordo até ao fim de sexta-feira, começam depois as conversações para um contrato de coligação, tal como aconteceu há quatro anos entre precisamente os mesmos partidos: os democratas-cristãos da CDU e os cristãos-sociais da Baviera, CSU, e os sociais-democratas do SPD.

Se não chegarem a acordo, terão de ser abertos novos cenários que já se desenham: um governo minoritário liderado pela CDU, mas com que parceiro de coligação? Uma reedição das conversações para a chamada coligação Jamaica (CDU/CSU ou União coligada com o FDP e os Verdes)? Novas eleições?... já lá vamos.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido