Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Criação de emprego em máximos leva taxa de desemprego para o valor mais baixo desde 2004

O sector da hotelaria e restauração tem impulsionado o aumento do emprego

Marcos Borga

O emprego em Portugal aumentou em 159,1 mil pessoas entre novembro de 2016 e novembro de 2017. É o valor mais elevado desde que há dados disponíveis do Instituto Nacional de Estatística, levando a taxa de desemprego a cair para 8,2%, a mais baixa desde novembro de 2004. Taxa de desemprego dos jovens também recuou

A economia portuguesa está a criar emprego como nunca antes, em termos líquidos, desde que há dados disponíveis do Instituto Nacional de Estatística (INE). No espaço de um ano, entre novembro de 2016 e novembro de 2017, a população empregada no país aumentou em 159,1 mil pessoas, atingindo um total de 4,7451 milhões de pessoas, segundo os números divulgados esta segunda-feira pelo INE.

Os dados para novembro de 2017 são ainda provisórios, mas mostram o maior incremento em termos homólogos de toda a série de números mensais do INE (ajustados de sazonalidade), que começa em 1998.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido

  • Taxa de desemprego no valor mais baixo desde 2004

    A taxa de desemprego em Portugal desceu para os 8,2% em novembro, o que compara com 8,4% em outubro, segundo a estatística provisória divulgada esta segunda-feira pelo Instituto Nacional de Estatística. Para encontrar um valor mais baixo é preciso recuar a novembro de 2004