Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

PSD não sabe se está vivo ou morto candidato suspeito de desviar €115 mil

Nas últimas eleições autárquicas, o candidato do PSD ficou em quarto lugar na Covilhã com apenas 7,3% dos votos

Marco Baptista, que foi candidato nas autárquicas de outubro à Câmara da Covilhã, está desaparecido há dois meses. Era consultor da Rede de Judiarias de Portugal, que o acusa de desvio de dinheiro. Caso já foi notícia em Israel

Na última vez em que Marco Baptista foi visto em público estava na mó de baixo. Naquela noite de 3 de novembro, na sede do PSD na Covilhã, anunciou que ia sair da liderança e já não se candidatava às próximas legislativas, depois de no mês anterior ter sofrido uma derrota pesada nas autárquicas, com apenas 7,37% dos votos, arredando o partido da vereação camarária. “Ele fez a intervenção inicial e depois foi-se embora mas não estava especialmente nervoso. Parecia normal”, conta um responsável do PSD.

Desde essa sexta-feira de novembro que está desaparecido de circulação e várias fontes contactadas dentro do partido não sabem se estará vivo ou morto. “Não ligou à família nem sequer no Natal, o que não deixa de ser muito estranho”, garante uma fonte próxima do empresário e político social-democrata.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido