Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Maior central solar de Portugal (e da Europa) vai ser controlada por capitais asiáticos

Projeto será construído entre 2018 e 2021, com a instalação de 800 mil painéis

Pedro Monteiro

Investimento de €270 milhões em Ourique, no Alentejo, será conduzido por um fundo de capital de risco do Dubai, detido na sua maioria por investidores asiáticos

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

A maior central solar do país, que será também a maior da Europa (empatada com um empreendimento já em operação em França), vai ser controlada por investidores asiáticos, segundo elementos que constam do estudo de impacto de ambiental do projecto de 300 megawatts (MW) a ser construído em Ourique, no Baixo Alentejo.

O projeto, que envolverá um investimento de €270 milhões, é promovido pela ISDC - International Solar Development Company, uma sociedade instrumental que resulta da aliança entre a portuguesa Luz.on e a sociedade de capital de risco Alpac Capital.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)