Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Rui Moreira queixa-se à PGR por ter sido proibido de apresentar livro em monumento público

Rui Moreira e Miguel Pereira Leite na tomada de posse da Câmara do Porto, em outubro Foto Rui Moreira e Miguel Pereira Leite na tomada de posse da Câmara do Porto, em outubro

Lucília Monteiro

Rui Moreira vai entregar uma exposição à Procuradoria-Geral da República sobre a recusa da DGPC, a mesma entidade que autorizou o jantar no Panteão

Isabel Paulo

Isabel Paulo

texto

Jornalista

Lucília Monteiro

Lucília Monteiro

fotos

Fotojornalista

O cidadão Rui Moreira vai entregar nos próximos dias à PGR uma exposição e os e-mails trocados com a diretora do Museu Nacional Soares dos Reis, Maria João Vasconcelos, que intermediou o pedido de cedência - recusado - do auditório do portuense para a apresentação do livro de sua autoria, “Sem Medo do Futuro”, com a Direção Geral do Património Cultural (DGPC), a entidade que abriu as portas do Panteão Nacional ao jantar da Web Sumit.

A decisão de recorrer à PGR foi tomada esta quarta-feira, após a DGPC ter enviado ontem, ao final da tarde, um memorando datado da última sexta-feira, dia 10, justificando as razões da recusa da apresentação da obra 'Sem Medo do Futuro', da autoria de Rui Moreira, no museu portuense, a 8 de setembro, mas que não convencem o autarca.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)