Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Concorrentes da EDP começaram a colapsar

Há 155 mil portugueses que têm contrato com empresas de fora do grupo das maiores elétricas ibéricas

JOEL SAGET

Uma das empresas faliu em maio e outra entrou em incumprimento esta semana. Fonte do sector alerta para a debilidade financeira de “mais cinco ou seis”. Clientes destes fornecedores correm o risco de pagar temporariamente mais pela eletricidade

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

Para milhões de consumidores em Portugal, EDP e abastecimento de eletricidade continuam a ser sinónimos, mas nos últimos anos a liberalização do mercado fez emergir quase duas dezenas de novas opções de fornecimento de energia. Muitas dessas novas marcas continuam fora do radar da generalidade das famílias portuguesas, apesar de apresentarem tarifários mais competitivos.

E agora uma nuvem instalou-se sobre o negócio dos pequenos comercializadores de energia, ameaçando afastá-los do mercado e deixando aos clientes um leque de opções muito mais curto. Atualmente há 155 mil portugueses abastecidos por comercializadores fora do grupo das grandes elétricas.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)