Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

A vida tem maneiras interessantes de nos indicar o caminho (confissões de um groupie da Apple)

tiago pereira santos

Há muitas maneiras de fazer a review de um smartphone e esta é a nossa: aplicámos alguma frieza na construção de um vídeo e colocámos alguma emoção na elaboração de uma prosa, porque a vida é uma experiência multimédia. Tiago Pereira Santos filmou, editou, escreveu e agora partilha: o vídeo é um exercício de esclarecimento, o texto é um ato de confissão: “A personalização de qualquer bem é o que faz dele especial. Nosso. Único”

Assumo que sou, como diz um amigo meu, groupie da Apple. Nunca escondi. Não sou imparcial. No entanto, reconheço que há boas - ou até algumas melhores - funcionalidades noutros sistemas operativos. Mas já tentei trocar, esforcei-me até, convencido de que era só a dificuldade da adaptação inicial, e nunca passei do primeiro mês. Voltei sempre ao mesmo.

O mesmo começou bem cedo, ainda na faculdade. Estávamos em 1997 e eu tinha entrado no IADE. Lá só se usava Macintosh, como eram chamados na altura os computadores da Apple. Terá sido por isso que comecei a gostar da marca? Terá sido por ter tirado um curso de design? Terá sido porque gosto das coisas bem desenhadas com funcionalidades definidas e de uso fácil? Terá sido todo o conjunto? Não sei. A vida tem maneiras interessantes de nos indicar o caminho.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)