Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Portugal tem os jovens mais solidários da UE

A reconstrução e ajuda às populações afetadas pelo sismo que atingiu Norcia (Itália) a 30 de outubro de 2016 foi um dos primeiros projetos a contar com a participação de voluntários, alguns portugueses, do Corpo Europeu de Solidariedade

d.r.

O Corpo Europeu de Solidariedade foi criado há um ano pela Comissão Europeia e conta já com 3370 portugueses inscritos, num total de 40 mil jovens que se declararam disponíveis para participar em ações de ajuda às populações e comunidades, no seu próprio país ou no estrangeiro. Portugal é o Estado-membro com maior número de candidatos per capita, salienta o comissário europeu da Educação, Cultura, Juventude e Desporto

Cerca de 100 jovens portugueses já foram chamados a participar nalgum projeto apoiado pelo Corpo Europeu de Solidariedade: desde Norcia, em Itália, a ajudar na reconstrução do património e na ajuda às pessoas afetadas pelos sismos que atingiram o centro do país no ano passado, até à realização de atividades com jovens de etnia cigana na Roménia, com vista à sua inclusão social.

Já Emilie viajou da Bélgica para a Lourinhã para dar uma mão a uma organização local e assegurar apoios de Inglês, aos trabalhos de casa e atividades de animação para jovens. Em entrevista ao Expresso Diário, o comissário europeu Tibor Navracsics, que esteve a participar na Web Summit, em Lisboa, fala deste programa e dos desafios que os sistemas educativos enfrentam.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)