Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Prisão sem fiança para oito ex-membros do governo regional... mas não para Puigdemont, que continua na Bélgica

getty

Juíza considerou que havia risco de continuação de delito, fuga e destruição de provas. Depoimento dos deputados adiado para 9 de novembro

Pedro Cordeiro

Pedro Cordeiro

Editor da Secção Internacional

Oito dos nove membros do governo regional catalão deposto que esta quinta-feira prestaram declarações em Madrid foram colocados em prisão preventiva sem fiança, depois de prestarem declarações sobre o processo separatista que encabeçaram. A juíza Carmen Lamela aceitou o pedido da Procuradoria-Geral, que alegou haver risco de fuga, continuação do delito e destruição de provas.

Lamela considerou como agravante a fuga do ex-presidente Carles Puigdemont para a Bélgica, onde afirmou querer ficar por falta de garantias jurídicas em Espanha (três dos companheiros que o acompanharam a Bruxelas regressaram terça-feira e foram agora a tribunal). Os arguidos são acusados de sedição, rebelião e peculato por terem trabalhado em prol da independência da Catalunha e do referendo de 1 de outubro, em violação da legalidade espanhola.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)