Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Santos Silva sobre a ação do Governo em Tancos: “O país não precisa de números mediáticos”

O ministro dos Negócios Estrangeiros esteve a substituir António Costa, durante uma semana de férias do primeiro-ministro

luís barra

Em entrevista ao Expresso, que pode ler na íntegra na edição semanal deste sábabdo, o ministro dos Negócios Estrangeiros sublinha que Portugal vive numa “ameaça moderada” face ao furto de armamento em Tancos e refuta críticas sobre inação do Governo na resposta a este incidente

Helena Pereira

Helena Pereira

Editora de Política

Rosa Pedroso Lima

Rosa Pedroso Lima

texto

Jornalista

Luís Barra

Luís Barra

fotos

Fotojornalista

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, nega, em entrevista ao Expresso, que o Governo tenha tardado a entrar em ação quando se soube do furto de material militar em Tancos, nomeadamente por ter se reunido com a Autoridade Nacional de Segurança uma semana após o roubo.

“Vivemos uma ameaça moderada, como aliás foi a avaliação do conjunto das forças e serviços de segurança. Foi isso que eu disse ao país no fim dessa reunião, que só pode ser feita agora depois de recolhidas as informações necessárias. Se eu tivesse lá ido no minuto seguinte, iria fazer apenas um número mediático. O país não precisa de números mediáticos nos dias que correm. A ameaça que experimentamos hoje é moderada - nem é inexistente, nem é significativa”, responde ao Expresso.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido