Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

O que vai Trump discutir com Putin? Poucos sabem a resposta. Mas convém não se rir

Imagens de Putin e de Trump num mural da capital da Lituânia

getty

Nesta sexta-feira à tarde, à margem da cimeira do G20, em Hamburgo, o Presidente norte-americano vai reunir-se pela primeira vez com o homólogo russo. Não há agenda definida para o encontro e os analistas já avisaram que Trump tem muito a perder em casa se aparecer sorridente ao lado de Putin, como aconteceu em maio ao receber na Casa Branca o chefe da diplomacia russa, Sergei Lavrov

Faltam menos de 24 horas para aquele que será o primeiro encontro entre Donald Trump e Vladimir Putin e ainda não há uma agenda delineada para a conversa. Ao que parece, nenhuma haverá, antevendo-se que a reunião bilateral à margem da cimeira do G20 - os vinte países mais desenvolvidos do mundo - decorra ao sabor da vontade dos envolvidos. “Não existe qualquer agenda definida, vai depender daquilo que o Presidente quiser debater”, confirmou esta semana o chefe do Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca, H. R. McMaster.

Por causa das suspeitas de ingerência russa nas eleições americanas, e do alegado conluio entre a equipa de campanha de Trump e o governo de Vladimir Putin para impedir a vitória de Hillary Clinton, as atenções vão estar tão focadas nesse encontro como na própria cimeira, a decorrer entre sexta-feira e sábado em Hamburgo, a cidade-natal de Angela Merkel.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)

  • Trump, Kim Jong-un e a “diplomacia do hambúrguer”

    Há quem defenda que, perante o falhanço das sucessivas sanções contra a Coreia do Norte e dado o recente progresso do regime no desenvolvimento de mísseis de longo alcance, a Administração norte-americana não tem outra hipótese a não ser dar início a conversações diretas com Pyongyang