Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Há 20 anos que o número de mortos nas estradas portuguesas não aumentava tanto

Estradas portuguesas: número de mortos acelerou em 2017

Foto Rui Duarte Silva

Números dos primeiros seis meses do ano são alarmantes. É um “agravamento histórico”, dizem os especialistas

Os acidentes nas estradas portuguesas provocaram a morte de 237 pessoas no primeiro semestre do ano, uma subida de 22,8% face aos óbitos registados em igual período do ano passado (193), segundo os dados disponibilizados pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR).

Este aumento de vítimas mortais (contadas no local do acidente ou com o ferido a caminho do hospital) é o maior desde 1998, ano mais remoto em que é possível obter uma estatística semestral com os dados constantes do sítio da ANSR na internet.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)

(título do artigo corrigido às 13h29 de 05/07/2017)