Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Emídio Sousa: “Sem apoio do Governo, candidatura do Porto à Agência Europeia do Medicamento está condenada”

Rui Duarte Silva

Presidente do Conselho Metropolitano do Porto desconfia que secretismo na candidatura de Lisboa à Agência Europeia do Medicamento foi intencional e um sinal do plano inclinado em que vive o país. No dia em que a Área Metropolitana do Porto comemora 25 anos, Emídio Sousa, presidente da câmara de Santa Maria da Feira eleito pelo PSD, avisa que Manuel Pizarro tem a responsabilidade de convencer o Governo a reverter o caso, sob pena da sua investida ser um flop

Isabel Paulo

Isabel Paulo

Jornalista

Estava a par que o Governo apenas ia candidatar Lisboa a sede da Agência Europeia do Medicamento?
Só soube há uns dias, quando a resolução do Conselho de Ministros de 29 de abril, que também desconhecida, foi publicada no 'Diário da República'.

Acha que o secretismo foi intencional?
Estou convencido de que foi intencional. Tratou-se de uma decisão fechada. O Governo adotou a política do facto consumado. É Lisboa, ponto.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)