Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Quem vai mandar na TAP… nos próximos seis meses

Diogo Lacerda Machado, amigo do primeiro-ministro: “Tenho imenso orgulho naquilo que ajudei a fazer. Foi com sentido de serviço público”

Marcos Borga

Já são conhecidos os dozes elementos que irão compor o conselho de administração da TAP. Seis indicados pelos Estado, seis pelos acionistas privados. A deliberação sobre a eleição será votada a 30 de junho, dia em que a processo de privatização se conclui de vez, mas as reações às nomeações já estão a gerar celeuma

Miguel Frasquilho, ex-presidente da AICEP – Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal, para chairman, Ana Pinho, presidente do conselho de administração da Fundação de Serralves e administradora da Oporto British School, e Diogo Lacerda Machado para os cargos de vogais. Foram estes os nomes confirmados pelo Governo ao Expresso, no sábado passado, de três dos seis elementos que o Estado indicou para o conselho de administração da TAP.

No domingo, Luís Marques Mendes, no seu espaço de comentário semanal no “Jornal da Noite” da SIC, adiantou os nomes de Esmeralda Dourado, administradora da SAG, Bernardo Trindade, ex-secretário de Estado do Turismo, e António Gomes de Menezes, ex-presidente da companhia aérea SATA, para administradores não-executivos da TAP indicados pelo Estado.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)