Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Meios portugueses unem esforços contra Google e Facebook

luís barra

Projeto português apresentado em congresso mundial de imprensa como 'case-study' quer combater domínio de Google e Facebook no mercado publicitário

Chama-se "Nónio", está a ser desenvolvido pelos principais grupos de media portugueses e tem um propósito definido sem rodeios. “O objetivo primeiro é aumentar a quota no mercado digital.” Quem o assume é Luís Nazaré, diretor-executivo da Plataforma de Meios Privados, na véspera de subir, esta sexta-feira, ao palco do Congresso da Associação Mundial de Imprensa, para a apresentação do projeto como um 'case study'. Que pode apontar caminhos para aumentar receitas e dar nova luz ao cada vez mais incerto futuro da comunicação social.

De forma sucinta, eis o "Nónio": é uma plataforma que permite aos grupos de media, através de um registo único dos utilizadores para todos os sites dos principais meios de comunicação portugueses, agregar e tipificar comportamentos, tendências e hábitos dos consumidores durante a sua navegação nos meios aderentes. Com essa informação reunida numa base de dados única — que será gerida e partilhada entre todos os grupos — os media podem então desenhar soluções comerciais e editoriais que melhor se adequem ao perfil único de cada leitor (e potencial consumidor).

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)