Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Lisboa aprova transferência de 15 milhões para Carris

Fernando Medina concretizou esta semana nova injeção de dinheiro na agora empresa municipal

tiago miranda

Assembleia Municipal aprovou 15 milhões de euros para a Carris. Mais de metade da verba vem de receitas da EMEL. PSD, CDS e PCP votaram contra. BE absteve-se

Helena Pereira

Helena Pereira

texto

Editora de Política

Tiago Miranda

Tiago Miranda

foto

Fotojornalista

A Assembleia Municipal de Lisboa aprovou ontem a transferência de 15 milhões de euros para a Carris. Mais de metade deste valor vem das receitas de estaciomento da Empresa Municipal de Mobilidade e Estacionamento de Lisboa (EMEL). O restante é suportado por receitas camarárias com multas (nomeadamente, de excesso de velocidade em zonas com radares) e com o Imposto Único de Circulação. As receitas anuais da EMEL rondam os 31 milhões de euros.

Na votação, PSD, CDS, PCP, PEV e Os Verdes votaram contra enquanto o BE absteve-se.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)