Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Como o Santander chegou a rei da banca em Portugal

Vieira Monteiro, presidente do Santander em Portugal, está agora à frente do maior banco a operar no mercado nacional

Luí­s Barra

Para salvar o Banco Popular do colapso, as autoridades europeias decidiram pela sua resolução e venda ao Banco Santander por um euro. Com a operação, o Santander Totta torna-se no maior banco privado em Portugal em ativos

Elisabete Tavares

Elisabete Tavares

texto

Jornalista

Luís Barra

Luís Barra

foto

Fotojornalista

O anúncio é inédito e foi recebido de forma tranquila. Foi a primeira decisão do género envolvendo um banco europeu. As autoridades europeias aprovaram a resolução do Banco Popular, o sexto maior banco em Espanha, e a sua venda ao Santander, o líder no mercado espanhol, por um euro. A decisão, ao abrigo das regras da União Europeia para recuperação e a resolução bancárias, foi recebida nos mercados com tranquilidade. Em Portugal, a integração do Banco Popular colocou o Santander na posição de maior banco privado em ativos. Um marco histórico para o Santander Totta e para o setor da banca portuguesa.

“O Banco Santander Totta passa a deter uma quota de mercado de cerca de 17%, tornando-se no maior banco privado português em termos de ativos e de crédito e um dos maiores em termos de recursos”, refere o banco num comunicado emitido esta quarta-feira.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)