Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

A ordem de prisão do médico de Hitler está em Portugal

A ordem de prisão de Karl Brandt é confidencial e elenca os dados pessoais do médico de Hitler, além de enumerar os seus crimes

Foto Cortesia do Museu da Farmácia

O Museu da Farmácia adquiriu sete documentos do Tribunal de Nuremberga, referentes ao programa de eutanásia do III Reich. E vai mostrá-los pela primeira vez por ocasião de uma conferência a decorrer esta terça feira, em Lisboa

Tudo começou por um telefonema de João Neto a Esther Muzcnik. O diretor do Museu da Farmácia queria contar à presidente da Memoshoá uma grande novidade: o organismo de que é responsável havia adquirido em novembro as ordens de prisão de grande parte dos arguidos nos julgamentos de Nuremberga referentes ao programa Aktion T4.

Eram sete documentos comprados num leilão em Inglaterra, entre os quais estão os referentes a nazis de topo, como Karl Brandt — o médico pessoal de Hitler que teve a seu cargo, a partir de 1933, o desígnio de ‘higienização da raça ariana’.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)