Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Miguel Cadete

Miguel Cadete

Diretor-Adjunto

As três razões por que Salvador Sobral pode ganhar o Festival da Eurovisão

GLEB GARANICH / REUTERS

Porque é politicamente correto. Vale a pena não esquecer que o Festival da Eurovisão surge no seguimento da II Guerra Mundial. A primeira edição só tem lugar em 1956 mas é bem o espelho do clima de confraternização entre as nações europeias, empenhadas em não repetir os anos negros de conflito. O Tratado de Roma, que viria dar origem à Comunidade Económica Europeia, foi assinado um ano depois, em 1957.

Isto quer dizer que, além de uma competição de canções por parte dos vários países, há uma ideia, senão mesmo um ideal, de teor político muito vincado neste concurso desde os seus primórdios. Vale a pena não esquecer que a final deste ano tem lugar em Kiev e que a concorrente da Rússia foi impedida de entrar na Ucrânia precisamente devido ao conflito que opõe os dois países.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)