Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

As famílias do rock

ana baião

De onde vieram as nossas estrelas rock e pop? Que histórias têm para contar os pais e as mães destes roqueiros sobre a infância dos filhos e como eles foram parar à música? Com baterias e guitarras elétricas pelo meio, uns e outros revelam segredos, braços de ferro e cumplicidades. Reproduzimos o artigo publicado na revista no dia 16 de fevereiro de 2013

Maria do Amparo e Hélder, pais de Tim
"Fiquei surda durante dois dias"

"Ai filho, a vida é sempre a perder." Este foi um prenúncio que Tim ouviu vezes sem conta ser proferido pela mãe, Maria do Amparo, de 74 anos. A lareira crepita e aquece a memória. "Tive uma juventude muito boa. Comecei a namorar o meu marido aos 13, casei-me aos 20. Vivi em pleno o fascínio da juventude, num mundo cor de rosa. Daí para a frente começaram a surgir as dificuldades da vida, em crescendo."

Palavras sábias que inspiraram o filho Tim, nascido António Manuel Lopes dos Santos, a compor 'O Homem do Leme', uma das mais emblemáticas letras dos Xutos & Pontapés, incluída no segundo álbum do grupo, "Cerco", de 1985. "E uma vontade de rir nasce do fundo do ser/ E uma vontade de ir/correr o mundo e partir/a vida é sempre a perder". Bebe-se chá a pretexto da música, do rock e do nascimento de Tim para a música.