Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Adeptos revistados no Marquês, garrafas proibidas: o que muda e não muda no guião da PSP para a festa do Benfica

Foto António Pedro Ferreira

Haverá “alguma alterações de pormenor” no plano da polícia para evitar problemas na festa do Benfica, que se prepara para festejar a conquista de mais um campeonato. E enquanto a PSP prepara mais uma operação no Marquês, a GNR organiza a segurança, juntamente com outras forças policiais e o Exército, no maior evento dos últimos anos em Portugal: a visita do Papa Francisco a Fátima

Hugo Franco

Hugo Franco

Jornalista

A festa do título já está marcada na agenda da PSP. É mais do que provável que os benfiquistas saiam à rua pelo quarto ano consecutivo este sábado, numa altura em que o Papa Francisco já estará de volta ao Vaticano, depois da visita a Fátima.

Para que não se repitam os confrontos violentos entre os adeptos e a polícia como os que ocorreram no Marquês de Pombal em maio de 2015, a PSP quer seguir o guião do ano passado, “em que tudo correu bem”, mas com “algumas alterações de pormenor”, assegura o subcomissário Hugo Abreu, porta voz do Comando Metropolitano de Lisboa da PSP.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)