Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Cães perigosos fizeram pelo menos 355 vítimas em 15 meses

getty

Dados são da GNR - faltam ainda os da PSP. Casos como o rottweiler que mordeu uma criança em Matosinhos esta terça-feira começaram a ser contabilizados pelas autoridades há dez anos. A menina de 4 anos foi operada de urgência e está livre de perigo. O dono do cão saiu em liberdade depois de ouvido pelo Ministério Público

Os ataques de cães de raças perigosas têm-se repetido nos últimos anos, havendo mesmo casos em que mataram crianças. Foi por exemplo o que aconteceu com o ‘Zico’, cão arraçado de pitbull que tirou a vida a uma bebé de 18 meses num bairro social de Beja em 2013. Uma menina de 4 e um rapaz de 9 anos foram as vítimas mais recentes: a primeira de um rottweiler, em Matosinhos, e o segundo de um serra da Estrela, em Arouca, ambos esta terça-feira. Não morreram mas foram hospitalizados, a primeira em estado grave. A última atualização do estado de saúde indica que ambas as crianças se encontram “estáveis”.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)