Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Fatura do gás vai baixar... mas apenas para uma minoria

getty

Cerca de 300 mil famílias que ainda estão no mercado regulado terão em julho um recuo na sua fatura de gás natural, mas mais de um milhão de clientes domésticos já no mercado livre dependerão da política tarifária do respetivo fornecedor

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) propôs que as tarifas transitórias de gás natural para os consumidores domésticos que ainda estão no mercado regulado recuem 1,1% a partir de julho, naquele que será o terceiro ano seguido de descida de preços.

As simulações da ERSE indicam que para um agregado com uma fatura média mensal de 12,9 euros de gás natural (equivalente a um consumo de 150 metros cúbicos por ano) haja lugar a uma redução de 15 cêntimos por mês. Para o perfil de consumo seguinte, com uma fatura média de 24,3 euros por mês (320 metros cúbicos por ano), a poupança será de 28 cêntimos mensais.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)