Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Acidente em Tires. Cinco mortos, seis factos e algumas perguntas por responder

Aeronave que caiu em Tires esta segunda-feira provocou danos numa moradia

marcos borga

Um piloto suíço, três passageiros franceses e um motorista de pesados português são as vítimas mortais do acidente aéreo em Tires. Ainda há muito por explicar e até o embaixador de França em Lisboa já esteve no local da tragédia. Missão? Ter mais respostas sobre a identidade das vítimas de nacionalidade gaulesa

Uma aeronave suíça, mais concretamente um Piper, modelo Cheyenne II, despenhou-se poucos minutos depois de levantar voo do aeródromo de Tires (Cascais), por volta das 12h. O Expresso apurou seis factos relacionados com a tragédia desta segunda-feira e identifica algumas questões por responder, numa altura em que a equipa de investigação do Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves e de Acidentes Ferroviários se encontra no local a tentar perceber as razões da queda do bimotor.

Os 6 factos

Cinco mortos e três feridos
A viagem para o piloto de nacionalidade suíça e dos três passageiros franceses que seguiam a bordo terminou pouco depois de começar. Morreu também o condutor de um camião que se encontrava no parque de descargas do supermercado Lidl, devido à queda do aparelho. Três pessoas ficaram com ferimentos ligeiros por inalação de fumo, tendo sido socorridas no Hospital de Cascais. Ao final da tarde, o embaixador de França em Lisboa estava em Tires para saber mais sobre a identidade dos três passageiros.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)