Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Jovens
 são ‘forçados’ a comprar casa

61% dos jovens que procuram casa gostariam de ficar no centro das cidades mas não têm capacidade financeira

FOTO Luís Barra

Mercado de arrendamento não está adequado às necessidades da geração Millennials

Em Portugal, o que deseja e o que acaba por concretizar a geração jovem quando entra no mercado imobiliário? Este foi o ponto de partida de um estudo da Century21 feito junto de 92 agências desta rede imobiliária. A principal conclusão é, desde logo, que a Geração Millennials — indivíduos nascidos entre os anos 80 e 2000 — preferiria arrendar (até por questões de mobilidade) mas por falta de oferta a esmagadora maioria acaba por comprar casa.

“No nosso país estima-se que existam cerca de 1,8 milhões de indivíduos que pertencem à Geração Y. São jovens que estão a incorporar-se, gradualmente, na vida ativa e dentro de poucos anos serão o principal ativo da economia nacional. O grande desafio do mercado é, pois, perceber o que está a acontecer do lado desta procura e ajustar a oferta de acordo com as novas necessidades”, realça Ricardo Sousa, presidente da Century21 Portugal.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)

  • Depois de atingir o emprego, a precariedade chegou à habitação

    Pouca oferta, rendas muito altas e contratos cada vez mais curtos: os inquilinos nunca estiveram tão vulneráveis. Num país em que o rendimento médio é de €900, há cidades em que a renda média é de €837. O que é que aconteceu? Jornalismo de dados em dois minutos e 59 segundos. Para explicar o mundo (e a habitação)