Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

BE: solução do Novo Banco poderá ser “o pior de dois mundos”

Partido de Catarina Martins não concorda com hipótese de Estado ficar com 25% do NB mas sem mandar

Foto Marcos Borga

Bloquistas e comunistas insistem que o Novo Banco deve ficar na esfera pública. Ficar com 25% e sem participar na gestão do banco será "o pior de dois mundos", diz o BE

A solução para o Novo Banco pode gerar um novo momento de tensão entre a maioria de esquerda que suporta o Governo. Caso se confirme a opção de manter o Estado com uma participação de 25% do Novo Banco - noticiada hoje pelo "Público" e não descartada pela Comissária Europeia da Concorrência -, será certo que o Governo enfrentará a oposição de Bloco de Esquerda e PCP nesta matéria. Até ao início da tarde de hoje, ambos os partidos diziam desconhecer formalmente esta possibilidade e garantiam não ter ainda qualquer reunião agendada com o Governo sobre esta matéria. Mas contactados pelo Expresso, tanto bloquistas como comunistas anteciparam a sua rejeição a este modelo.

O Bloco de Esquerda fez saber que a sua posição de princípio nesta matéria não vai mudar: "O Novo Banco deveria ser 100% público", reitera fonte do BE, defendendo que a solução de manter o Estado com 25% do Novo Banco, mas sem integrar a futura equipa de gestão do banco "não é uma proposta que tenha a simpatia do Bloco". "O que está em cima da mesa é o pior de dois mundo, porque significa pagar e não mandar", conclui ao Expresso fonte do Bloco.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)