Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Governo quer obrigar Carlos Costa a pagar mais à GNR que guarda reservas de ouro do país

Carlos Costa pode ser obrigado a rever protocolo de 1995 e abrir os cordões à bolsa

Luis Barra

Há 21 anos, o Banco de Portugal fez um protocolo com a GNR para patrulha e segurança do “Fort Knox” português, no Carregado. Governo quer que guardas sejam aumentados

Helena Pereira

Helena Pereira

Editora de Política

O Governo quer que o Banco de Portugal, gerido por Carlos Costa, aumente os guardas da GNR que desde 1995 fazem a segurança do complexo do Carregado, que alberga as reservas de ouro do país.

Em resposta a um requerimento do PCP, a ministra da Administração Interna (MAI), Constança Urbano de Sousa, garante que vai pedir ao comando-geral da GNR que "reavalie o protocolo" com o Banco de Portugal, que data dos anos 90 do século passado, "designadamente no que concerne aos montantes que estão a ser pagos pela prestação de serviço ao Banco de Portugal".

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)