Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

“Sim, sou feminista, procuro a mulher em cada projeto em que participo”

ATITUDE. O comissário Neven Mimika defende que os países europeus não devem competir entre si e devem manter a atuação que os caracteriza, independentemente da linha que vier a ser seguida nos Estados Unidos por Donald Trump

FOTO COMISSÃO EUROPEIA

Discreto, há quem diga que sem carisma, mas dedicado à igualdade, o croata Neven Mimika é o comissário europeu da Cooperação Internacional e do Desenvolvimento

O gabinete é amplo e da grande janela vêm-se os telhados da Bruxelas que cerca a bolha da Comissão Europeia. Sorridente, mas tímido, Neven Mimika, 63 anos, abre as portas para receber as visitas. Embaixador de formação, o croata sabe acolher, não fosse ele o atual comissário europeu da Cooperação Internacional e do Desenvolvimento. Antes dele, o lugar coube a Kristalina Georgieva, a búlgara que concorreu contra António Guterres pela liderança das Nações Unidas.

A Neven Mimika cabe assegurar o cumprimento dos compromissos de redução da pobreza assumidos pela União Europeia no âmbito dos Objetivos de Desenvolvimento do Milénio, definir a posição da Comissão e da União Europeia nas negociações sobre a agenda dos Objetivos de Desenvolvimento do Milénio das Nações Unidas pós-2015, colaborar com os governos nacionais com vista a tornar mais eficaz a ajuda ao desenvolvimento concedida pela União.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)