Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

“Paris, Texas”: o futuro não será pior que o passado

FILME. “Paris, Texas”, realizador por Wim Wenders, foi o vencedor da Palma do Ouro no festival de Cannes em 1984. Está de regresso aos cinemas portugueses

d.r.

Travis é um homem perdido que começa por querer esquecer e por isso caminha, caminha muito, muito rápido, como só caminha quem quer esquecer o passado. Depois, percebe que não consegue esquecer, deixa de querer esquecer, e continua a caminhar, mas já para se reconciliar consigo próprio e com a sua dor. “Paris, Texas”, o mais icónico filme do realizador alemão Wim Wenders e projetado inicialmente em 1984, está em exibição no Espaço Nimas, em Lisboa. Explicamos porque é tão bem-vindo

Helena Bento

Helena Bento

Jornalista

Nesse dia, enquanto conversavam sentados num bar em Albuquerque, cidade no estado do Novo México, nos EUA, e emborcavam tequilas sem cerimónia ao som de uma banda de mariachi que, vai lá saber-se porquê, estava então mais virada para temas pop norte-americanos, Harry Dean Stanton disse ao amigo Sam Shepard que um dia gostaria muito de entrar num filme que fosse, ao mesmo tempo, de grande sensibilidade e inteligência.

Foi apenas uma observação, um desabafo, a verbalização, se quisermos, de um desejo, de uma vontade, sem quaisquer consequências práticas pelo menos no imediato, um comentário feito no meio de muitos outros comentários no meio de uma longa e muito bebida conversa, mas a verdade é que semanas depois, já depois de o ator norte-americano ter regressado a Los Angeles, Shepard ligou-lhe a perguntar se queria desempenhar o papel de ator principal no filme cujo argumento ele e o realizador Wim Wenders, que havia já realizado “Alice in the Cities”, “Kings of the Road”, “Hammet” e “The State of Things”, estavam a escrever. Stanton começou por hesitar.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)