Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

“Há rapazes portugueses a trabalhar para os media do Daesh”

REALIZADOR. Alexis Marant embarcou na aventura de mostrar como funciona a máquina de propaganda islâmica

“Terror Studios”, com estreia marcada para segunda-feira no canal Odisseia, mostra a máquina de propaganda do Daesh vista a partir de dentro. O realizador, Alexis Marant, falou ao Expresso sobre o seu novo documentário e deixou um aviso: não é bom para o mundo que a ficção demonize o autoproclamado Estado Islâmico

Quando é que começou a interessar-se pelo tema deste documentário?
Foi logo na altura em que o Daesh começou a lançar vídeos de execuções mais sofisticados, com recurso a material profissional, maior cuidado com a edição e efeitos especiais. Estávamos no outono de 2014.

Como é que chegou a pessoas tão próximas ao Daesh?
Só o conseguimos fazer porque tivemos tempo e orçamento para estabelecer uma rede de informadores sólida no Médio Oriente, que nos ajudou a encontrar testemunhas de primeira linha. Desde o início que o nosso objetivo era falar com pessoas que trabalharam na máquina de propaganda do Daesh.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)