Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

À espera que a chuva pare e que a grua avance

EM BAIXO. Entulho nas traseiras dos prédios afetados

TIAGO PETINGA

A chuva caída em Lisboa esta sexta-feira impediu o avanço das primeiras medidas para conter as derrocadas na Rua Damasceno Monteiro, na Graça. Uma grua de 60 metros será a ferramenta crucial para os trabalhos

É uma obra em que as coisas podem mudar a cada momento”, diz Helena Bicho, a diretora municipal de Projetos e Obras da Câmara de Lisboa.

Os aluimentos de terras nas traseiras de prédios da rua Damasceno Monteiro (ao bairro da Graça), em Lisboa, estão a ser um cabo de trabalhos. Em primeiro lugar são um tormento para pelo menos 78 moradores de cinco prédios (números 102, 104, 106, 108 e 110) que foram desalojados, na sequência das derrocadas que começaram no início desta semana. As primeiras afetaram os números 106 e 108, os edifícios em pior estado.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)