Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Primeiro discurso de Trump-Presidente: um caso de “dupla personalidade política”?

reuters

O discurso ao Congresso desta terça-feira à noite mostrou um Trump mais contido e moderado no tom, mas com as mesmas ideias sobre a imigração e a saúde (e poucos planos concretos para as levar a bom porto)

A aparência é a mesma: o homem com o fato escuro, a gravata azul a condizer com as dos colegas republicanos mesmo atrás de si, o cabelo característico, os gestos com as mãos. E, no entanto, há momentos do discurso ao Congresso nesta terça-feira à noite, o primeiro da presidência de Donald Trump, em que apetece questionar: será este o mesmo homem - aquele que concorreu como um multimilionário de sucesso, que pintou um retrato desanimador dos Estados Unidos, que falou de uma “carnificina americana” – que tomou posse há pouco mais de um mês?

A maior parte destes momentos de dúvida acontecem por causa do tom – o tom suave, finalmente a roçar o presidencial, amparado pelas linhas do teleponto e apoiado pelos homens do sistema republicano, o vice-presidente Mike Pence e o porta-voz da câmara dos representantes, Paul Ryan, prontos a aplaudir logo atrás do púlpito em que está instalado.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografra o código e o acesso será logo concedido)