Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Taxas no Montijo serão pelo menos 30% mais baratas que na Portela

AQUI NASCERÁ UM AEROPORTO. Pista do Montijo vai ser transformada numa infra-estrutura aeroportuária para voos comerciais para Lisboa

Governo e Ryanair em sintonia: todos querem as taxas do novo aeroporto mais baratas. Voos para a Portela devem ficar mais caros. Está aberta a disputa das companhias aéreas pelos aeroportos de Lisboa

As taxas cobradas às empresas de aviação que irão utilizar o novo aeroporto do Montijo serão significavamente mais baixas que as praticadas no aeroporto da Portela. A diferença deverá ser de pelo menos 30% - e poderá ser bem maior. É o que resulta do enquadramento do contrato de concessão com a Ana e da negociação que o Governo iniciará depois de ter recebido as propostas de financiamento que a empresa lhe vai apresentar dentro de seis meses.

A questão é colocada depois de o presidente da Ryanair se ter manifestado contra a possibilidade de sair do aeroporto da Portela, alegando a perspetiva de pagar taxas muito elevadas pela utilização do Montijo. Em entrevista ao Público, Michael O’Leary coloca como condição para passar a voar do Montijo “essencialmente taxas muito mais baixas do que as que são cobradas na Portela”. O problema, diz, é o que o investimento previsto de 250 milhões, que O’Leary considera demasiado elevado, leve a que “as taxas [sejam] as mesmas do que na Portela”. Nesse caso, diz, “ninguém vai querer voar para lá”.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)