Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

José Eduardo dos Santos já chegou à porta de saída. É 3º na lista eleitoral

ADEUS. É desta que José Eduardo dos Santos deixa a Presidência?

getty

Pela primeira vez na história de Angola após o restabelecimento definitivo da paz, em 2002, e a instauração de eleições multipartidárias, o Presidente José Eduardo dos Santos não será o cabeça da lista do MPLA, no poder, às próximas eleições legislativas, marcadas para agosto

Gustavo Costa

correspondente em Luanda

Correspondente em Luanda

O homem que conduz os destinos de Angola há 38 anos cumpre a palavra dada em dezembro último ao anunciar que, em 2018, se retirará em definitivo da vida política ativa: na lista de candidatos do MPLA às próximas eleições legislativas, marcadas para agosto, Eduardo dos Santos surge em terceiro lugar.

A sua permanência na lista eleitoral é vista em diversos meios como tendo um caráter simbólico e, na ótica de um analista político afeto ao MPLA, um sinal de que não haverá uma rutura e que a transição será por ele liderada. “O cansaço, as maleitas da doença e uma conjuntura internacional adversa não lhe permitem continuar à frente do leme do país”, disse por seu turno ao Expresso um diplomata angolano, que pediu para não ser identificado, acreditado no ocidente.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)