Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Brexit, um livro branco com muito por preencher

reuters

O Governo de Theresa May divulgou esta quinta-feira as suas intenções para as negociações para sair da União Europeia, mas pouco adiantou em relação ao que a primeira-ministra já dissera. A oposição criticou a vagueza do documento e exige ter uma palavra a dizer sobre o acordo final sobre o “Brexit”

Soube a pouco a apresentação, esta quinta-feira à tarde, do Livro Branco sobre a saída da União Europeia (UE) elaborado pelo Governo de Theresa May. O discurso do ministro para o “Brexit”, David Davis, na Câmara dos Comuns, pouco diferiu daquele que a primeira-ministra conservadora proferira, a 17 de janeiro, em Londres.

A oposição criticou o que considera ser a falta de conteúdo dos planos anunciados pelo Executivo, em 77 páginas, e o facto de eles só surgirem após a votação, na quarta-feira, da proposta de lei que permite a May invocar o artigo 50 do Tratado de Lisboa, que rege a saída de Estados-membros da UE.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)