Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Os primeiros candidatos às autárquicas: PSD aposta em recandidaturas e independentes

Comissão Política Nacional aprova esta terça-feira primeiro lote de candidatos às câmaras municipais. Há pelo menos 44 processos prontos, que incluem 11 recandidaturas de presidentes em funções. E nomes pescados de antigas listas independentes

Filipe Santos Costa

Filipe Santos Costa

Jornalista da secção Política

Carlos Carreiras recandidata-se em Cascais

Carlos Carreiras recandidata-se em Cascais

LUÍS BARRa

A Comissão Política Nacional do PSD aprova esta terça-feira o primeiro lote de candidatos à presidência de câmaras municipais nas autárquicas do próximo outono. A lista que receberá luz verde hoje tem pelo menos 44 nomes, dos quais 11 são presidentes em funções que se recandidatam para um novo mandato. Também há vários vereadores que vão tentar chegar à liderança das respetivas autarquias - e, entre estes, destacam-se nomes que, em 2013, se apresentaram não com as cores do PSD, mas por movimentos independentes.

O caso mais notório de um candidato que estava num movimento de cidadãos e agora concorre pelo PSD é Marco Almeida, em Sintra. Trata-se, neste caso, de uma reconciliação, pois Marco Almeida foi sempre militante social-democrata até às últimas autárquicas, quando o Pedro Passos Coelho chumbou a sua candidatura a Sintra e o vereador decidiu concorrer à frente de um movimento independente.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)