Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Overbooking em Portugal deixa todos os dias em terra 32 passageiros com bilhete pago

EM TERRA. Estratégia das companhias para não ter lugares vazios nos voos deixou mais de 11 mil passageiros sem voo em 2016

Em média, trinta e dois passageiros com bilhete pago ficam diariamente em terra nos aeroportos portugueses, segundo estimativas da AirHelp, empresa que ajuda pessoas do mundo inteiro a conseguirem compensação por atrasos, cancelamento ou sobrelotação de voos

Mais de onze mil passageiros não terão conseguido embarcar em 2016 em voos pelos quais pagaram bilhete, com partida em aeroportos portugueses. Os números avançados ao Expresso pela AirHelp, empresa que ajuda pessoas do mundo inteiro a conseguirem compensação por atrasos, cancelamento ou sobrelotação de voos, mostra ainda que o número de casos tem vindo a aumentar ligeiramente em Portugal.

No ano de 2014, 11.346 passageiros não terão embarcado nos aeroportos portugueses em voos pelos quais pagaram, o que corresponde a 4.538.660 euros em indemnizações. Segundo a AirHelp, esse valor aumentou para 11.377 passageiros (e 4.551.157 euros) em 2015 e para 11.706 (e 4.682.545 euros) em 2016. No ano passado, cada passageiro terá recebido, em média, 400 euros de compensação por não ter embarcado em Portugal — o que significa que as companhias aéreas, se cumprirem o regulamento da União Europeia (que estabelece as regras para a indemnização e assistência a passageiros), gastam cerca de 13 mil euros por dia com o overbooking.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)