Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Deputado rebelde do PS: “Não terei atitudes revanchistas”

REBELDIA. O deputado do PS Domingos Pereira é o primeiro pretendente a candidato autárquico a não acatar as decisões do partido e a equacionar uma candidatura como independente

d.r.

Revoltado por ter sido preterido pelo PS como candidato à Câmara de Barcelos, o deputado Domingos Pereira renunciou, esta terça-feira, à liderança da concelhia local. Equaciona entregar o seu cartão de militante com 30 anos, avançar como candidato autárquico à revelia do partido e passar a deputado independente. Mesmo que passe a ser o fiel da balança parlamentar quando o PCP se abstiver de votar ao lado da geringonça, diz que não pensa em jogos de poder revanchistas

Isabel Paulo

Isabel Paulo

Jornalista

Já decidiu quando irá entregar o cartão de militante?
Primeiro tenho de ter uma conversa com Carlos César, o que acontecerá em princípio no início da próxima semana. Acho que devo essa satisfação ao presidente do Grupo parlamentar do PS, mas antes vou decidir se avanço ou não com uma candidatura independente à Câmara de Barcelos. Mas é quase seguro que o farei até meados de fevereiro.

O que falta para tomar a decisão final?
Preciso descansar uns dias, que estou desgostoso, até perplexo com a forma como o PS, o meu partido há 30 anos, decidiu avocar o processo autárquico à revelia da vontade dos barcelenses. Para já o que fiz hoje, de forma irreversível, foi renunciar à liderança da Concelhia e de membro da Comissão Política Nacional, local e da Federação Distrital. As cartas de renúncia já vão a caminho.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)