Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Ataque a autocarro de seguranças investigado como tentativa de homicídio

Autocarro foi atacado a tiro no domingo após jogo entre o Braga e o Guimarães. Ajuste de contas é uma das teses da Polícia Judiciária. "Está tudo em aberto", garantem os investigadores

Hugo Franco

Hugo Franco

Jornalista

Rui Gustavo

Rui Gustavo

Editor de Sociedade

O caso do ataque aos seguranças da empresa 2045 que estiveram no jogo que opôs o Sporting de Braga ao Vitória de Guimarães, no último domingo à noite, está a ser investigado pela Polícia Judiciária (PJ) de Braga como uma tentativa de homicídio. Os investigadores seguem pelo menos três pistas: “Uma das hipóteses é a de os seguranças terem sido confundidos com adeptos do Vitória e atacados por alguém do Braga”, conta uma fonte próxima da investigação.

Segundo um outro responsável ligado ao processo, os seguranças viajavam num comboio de três autocarros que não estavam identificados com qualquer símbolo da empresa de segurança 2045. E por isso terão sido confundidos com adeptos vitorianos que voltavam a Guimarães. A equipa bracarense perdeu em casa por 2-1.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)