Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Seara absolvido, mas Câmara de Sintra recusa pagar a empresas credoras

DÍVIDAS. Duas empresas que iluminaram Sintra estão às escuras com o pagamento

d.r.

O ex-presidente da Câmara de Sintra, Fernando Seara, foi absolvido esta terça-feira do crime de prevaricação. Atribuiu 298 mil euros a duas empresas que nunca receberam. E vão continuar sem receber

Rui Gustavo

Rui Gustavo

Editor de Sociedade

O Tribunal de Lisboa Oeste absolveu esta terça-feira Fernando Seara do crime de prevaricação. O ex-presidente da Câmara de Sintra estava acusado de ter atribuído ilegalmente e sem concurso público 208 mil euros a duas empresas que fizeram trabalhos de iluminação no concelho e nunca receberam o dinheiro.

E vão continuar sem receber, apesar desta decisão do tribunal. “A Câmara não vai pagar porque não pode”, argumenta Basílio Horta, atual presidente. “Não há nenhum contrato, uma decisão da vereação, nada. Apenas uma informação a dizer que o trabalho foi adjudicado a estas empresas. Não podemos pagar nestas condições.”

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)