Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

O pior está para vir?

José Caria

Portugal pagou esta quarta-feira, na colocação de dívida a 10 anos, o preço pelos riscos elevados que representa para os investidores. Confirma-se o cenário de início de ano difícil para a dívida soberana portuguesa

Não é caso para alarmes, dizem analistas e gestores de ativos. Mas que Portugal enfrenta hoje nos mercados uma situação muito diferente da que existia há um ano, não há dúvidas. Como esperado por especialistas, Portugal pagou mais, bem mais, para conseguir colocar obrigações a 10 anos junto de investidores.

O contexto vivido no mercado de dívida no espaço europeu não é o único motivo que explica este aumento no custo de financiamento para a República Portuguesa. Riscos elevados na banca, com a venda do Novo Banco na corda bamba e o adiamento da mega recapitalização da Caixa Geral de Depósitos, estão entre os fatores que afastam investidores e encarece as obrigações lusas.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)