Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Luísa Schmidt: “Vamos pagar caro por tudo o que se construiu no litoral à revelia dos planos e das leis”

MOBILIDADE. Luísa Schmidt: “Não se investiu nem por sombras o suficiente no transporte público eficiente e limpo, apesar de haver dinheiro para isso”

joão lima

O mais recente livro de Luísa Schmidt, investigadora principal do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa e colunista do Expresso, faz um balanço de 26 anos das políticas do ambiente em Portugal e propõe o que deve ser corrigido e melhorado em nove áreas fundamentais: águas, resíduos, ar, alterações climáticas, energia, território, conservação da Natureza, mar e cidadania. “Portugal: ambientes de mudança - Erros, Mentiras e Conquistas” reúne as crónicas da investigadora na secção “Qualidade Devida” do Expresso e analisa detalhadamente em cada uma daquelas áreas o que melhorou, o que se manteve e o que piorou desde 1990. Luísa Schmidt diz que “os erros acumulados no litoral” são o problema mais grave do ambiente em Portugal

Virgílio Azevedo

Virgílio Azevedo

texto

Redator Principal

Das nove áreas do ambiente abordadas no livro — águas, resíduos, ar, alterações climáticas, energia, território, conservação da Natureza, mar e cidadania — qual está melhor?
O que está melhor são as águas, onde efetivamente se avançou bastante, sobretudo a partir de meados dos anos de 1990, com a criação das Águas de Portugal, que vieram trazer “know-how técnico” e fazer com que deixássemos de comprar tecnologia obsoleta para as estações de tratamento de águas residuais. Hoje conseguimos todos beber água da torneira com segurança, embora tenhamos ainda muitas estações de tratamento de águas residuais sem estarem em boas condições. Também se avançou bastante nos resíduos urbanos e industriais e na educação ambiental, que contou com o apoio das autarquias, ONG e empresas.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)