Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Freitas do Amaral, Manuel Monteiro e Paulo Portas de novo juntos... em livro

CELEBRAÇÃO Almoço, esta segunda-feira, na Assembleia da República, para lançamento do livro “40 anos no Parlamento – discursos com história”, reuniu à mesa Paulo Portas, Francisco Oliveira Dias (único presidente da AR indicado pelo CDS) e Assunção Cristas

FOTO Isabel Santiago Henriques/CDS

Há 40 anos que o CDS tem voz na Assembleia da República. A efeméride foi assinalada esta segunda-feira com o lançamento de um livro que reúne discursos proferidos no hemiciclo ao longo destas quatro décadas por presidentes, líderes parlamentares e ministros do partido, de Freitas do Amaral a Assunção Cristas

Cristina Figueiredo

Cristina Figueiredo

Jornalista da secção Política

É um “tributo ao passado”, mas também se propõe ser um “instrumento” para “memória futura”, explica Nuno Magalhães, líder parlamentar do CDS e autor do prefácio do livro “40 anos no Parlamento – discursos com história”, que reúne discursos “incontornáveis” proferidos na Assembleia da República, nas últimas quatro décadas, por presidentes, líderes parlamentares e ministros do CDS, e onde não faltam aqueles que entretanto deixaram de ser militantes do partido como Freitas do Amaral, Manuel Monteiro ou Basílio Horta.

“Não pretende ser nostálgico, revisionista ou petulante, pretende celebrar a humildade, diversidade e buscar um futuro melhor e, para isso, é preciso conhecer o passado”, disse Magalhães ontem, no almoço que assinalou o lançamento do livro, 40 anos e alguns meses depois das primeiras eleições legislativas (em que o CDS conseguiu eleger 42 deputados).

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)