Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

“Escolhi ser médico porque todos os doentes são, de alguma forma, um mistério para o qual a Medicina procura respostas”

paulo vaz henriques

Centenas de novos médicos fizeram o juramento de honra da profissão na segunda-feira, o mesmo dia em que foi divulgado que 66% dos clínicos sofrem de exaustão emocional. O Expresso deixa o testemunho dos dois melhores alunos de Medicina das faculdades de Lisboa

Condições de trabalho muito exigentes e recursos insuficientes estão a fazer adoecer os médicos. Dois terços dos clínicos em Portugal sofrem de exaustão emocional, um estado de cansaço e de desgaste psicológico associado ao stresse crónico, e são os jovens que apresentam mais sintomas. O diagnóstico, do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa em parceria com a Ordem dos Médicos, foi publicado esta segunda-feira, no mesmo dia em que dezenas de novos médicos juraram proteger o próximo.

Miguel Alpalhão e Inês Pereira estiveram lado a lado na cerimónia do Juramento de Hipócrates, no Coliseu dos Recreios, como os melhores alunos deste ano das duas faculdades de Medicina de Lisboa. Galardoados com o Prémio Professor Manuel Machado Macedo, vão seguir rumos totalmente separados: ele fica, ela vai.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)