Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Ataque a restaurante de Avillez reivindicado em canal anarquista

VANDALISMO. Fachada do restaurante do chef José Avillez foi alvo de um ataque pouco comum em Portugal. Na fotografia, imagem do interior do espaço

RUI DUARTE SILVA

Blogue anarquista que reivindica o ataque é vigiado pelas autoridades portuguesas há alguns anos. Viagem de José Avillez a Israel na origem do caso. Chef não quer alimentar mais polémicas

As autoridades continuam a investigar a autoria dos atos de vandalismo na fachada do restaurante do chef José Avillez no Porto, na última sexta-feira. Trata-se de um ataque com contornos de antissemitismo, pouco comum em Portugal. Um texto escrito no próprio dia do ataque, e publicado no sábado num fórum e blogue anarquista chamado “Indymedia”, pode dar pistas sobre os autores.

“O vermelho que escorre no vidro é o sangue que Avillez avilta com a sua colaboração culinária. A cola que veda a fechadura é a fome provocada que Avillez quer gourmet. As ementas recheadas de realidade são a face visível de que ‘o destino das nações depende da forma como elas se alimentam’”, pode ler-se no post. O autor, que assina com o nome de código “Face Oculta”, explica que o ato de vandalismo se justificou porque de nada serviu a “ação indireta alimentada por cartas educadas a apelar para que Avillez não participasse” num evento gastronómico em Israel que contou com um protesto de 140 organizações de direitos humanos.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)