Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Uma carrinha chamada desejo

CAIXA. "The Early Years 1965–1972" com os conteúdos à mostra

Esta sexta-feira foi posta à venda uma caixa contendo a maior abertura de sempre dos arquivos dos Pink Floyd. “The Early Years 1965–1972”, com 28 discos, teve uma antestreia mundial em Londres na passada terça-feira com a ajuda de Nick Mason

Rui Tentúgal

Rui Tentúgal

em Londres

Jornalista

O lounge dos estúdios do YouTube em Londres, diante da estação de comboios de Saint Pancras, está decorado como uma carruagem de comboio, com cadeias aos pares, frente a frente, e uma pequena mesa no meio. Nos vidros está escrito Pink Floyd Records. Um comboio Pink Floyd? Já percebi. Para os cerca de 70 fãs da banda que ali entraram na passada terça-feira, a imagem do comboio remete obviamente para a capa do single ‘See Emily Play’, de 1967, um disco que, fielmente reproduzido, é uma das maravilhas contidas na caixa “The Early Years 1965–1972” que a partir de hoje está à venda em todo o mundo por um preço que ronda os 500 euros (em 2017, seis dos sete volumes que constituem esta edição serão vendidos separadamente e a um preço acessível à maioria dos consumidores).

Aquele grupo de pessoas está ali reunido para ver pela primeira vez os conteúdos da caixa e assistir a uma entrevista a Nick Mason, com perguntas colocadas no Facebook da banda. O evento foi transmitido pelo YouTube em tempo real (pesquisar "Pink Floyd - Unveiling The Early Years with Nick Mason") e esta sexta-feira tinha 72.500 visualizações.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)