Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Ele ameaçou matá-la, mas quem morreu foi ele

RETRATO-ROBÔ. Maria José Gomes Ferreira, desenho feito com base numa antiga ilustração

ilustração joão roberto

O rapaz não quis ir ao quintal da casa, como a mãe lhe pedia, "tinha medo que se alevantasse o pai”. Não havia razão para isso, quando Maria José enterrara o marido este já estava morto. Passado um mês, em fuga por Lisboa, será presa e confessará o que fez. Ele tentara matá-la, mas ela tinha um amante... Este é o oitavo capítulo da segunda temporada da série Crime à Segunda

Anabela Natário

Anabela Natário

texto

Jornalista

João Roberto

João Roberto

ilustração

Motion designer

Confessou que assassinara o marido, quando ele lhe deitou as mãos ao pescoço prometendo matá-la. Fizera-o sozinha. Não possuía amores extra, e a sua filha mais velha de nada sabia, só a acompanhara na fuga para Lisboa. De regresso ao Minho, presa, mudará a versão, implicando um oficial de diligências, seu breve amante, com quem afirma ter cometido o crime a 29 de agosto de 1882 e enterrado o corpo no quintal da sua casa de Rendufe. A filha será libertada. Maria José Gomes Ferreira e Francisco de Araújo, que fugirá do tribunal saltando de uma janela, serão condenados a 28 e a 30 anos de degredo em África.

Maria José mandou o filho apanhar uma peça de fruta caída na terra e este recusou-se, não queria ir ao quintal, “tinha medo que se alevantasse o pai Afonso”. Alguém ouviu, ou inventou, o certo é que a frase do miúdo de 13 anos chegou aos ouvidos da autoridade do concelho de Aramares. Foi a gota de água, há quase um mês que corriam rumores sobre o desaparecimento de Custódio João Afonso, as gentes da freguesia de Rendufe, perto de setecentos habitantes, não acreditavam que o proprietário lavrador partira para o Brasil, onde já estivera e regressara com uma pequena fortuna.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)